quarta-feira, 13 de maio de 2009

Fontes e serifas: Quando usar ?

Um erro típico de muitos designers é pecar na escolha das fontes que farão a composição de um layout. Antes de pensarmos em escolhas de tipos de fontes, vamos entender o que são as fontes.

Definição

Uma fonte tipográfica (ou simplesmente fonte) é um padrão, variedade ou coleção de caracteres tipográficos com o mesmo desenho ou atributos e, por vezes, com o mesmo tamanho (corpo).

Antes de projetarmos um layout, como sempre dito, é necessário um estudo, o que alguns profissionais chamam de "Briefing", que não é nada mais do que um estudo avançado sobre o perfil do seu cliente, seja ele uma pessoa ou empresa. Esse estudo, ajudará com que o designer faça um website de acordo com a verdadeira imagem de seu cliente. Sendo assim, terá chances maiores de acertar nas cores, tons, imagens e fontes.

Há diversos modelos de briefing, geralmente pesquiso 5 pontos importântes que são:

*Histórico do cliente;
*Comunicação (Maneiras com as quais a marca comunica-se com seus clientes);
*Público-Alvo;
*Cenário Atual da marca;
*Logomarca.

Existem duas divisões básicas nas fontes que são: Fontes com serifas e fontes sem serifa.

O que é serifa ?

São os pequenos traços e prolongamentos que ocorrem no fim das hastes das letras. As famílias tipográficas sem serifas são conhecidas como sans-serif (do francês "sem serifa"), também chamadas grotescas (de francês grotesque ou do alemão grotesk). Veja a imagem abaixo.





Tecnicamente falando, fontes com serifas possuem maior dificuldade para leitura e são facilmente perceptivas, usados com maior frequência em Logomarcas, Slogans, Símbolos pois induzem o internauta a visualizar pontos com relevância destas fontes.

Fontes sem serifas, possuem suavidade, leveza, altamente aconselhavel para textos, títulos, etc, pois em lugares onde há um fluxo maior de informação a ser transmitido é necessário obter máxima clareza, para a melhor assimilação do conteúdo exposto. Veja na imagem abaixo a diferença.





Notou a diferença ? É notável que fontes serifadas possuem um maior grau de dificuldade de leitura quando usadas em grandes escalas.

Não quero dizer que é necessário seguir esta idéia SEMPRE, existem diversas excessões, mas concerteza, em diversas ocasiões é necessário ter esta visão.

Veja algumas logomarcas com serifas muito famosas...

Valeu galera, espero poder ter ajudado.
Postem suas opiniões...

7 comentários:

  1. Boa matéria Sr. Rafael. Morte as fontes com serifas em textos grandes. =D
    daora.

    ResponderExcluir
  2. tem material que uma cai melhor e outro não, dae vc tem que ter o bom senso, só olhando vc percebe. basicamente o moderno não combina com serifa, e o rustico cai muito bem.
    Guilherme PDK

    ResponderExcluir
  3. Prof. Aleks Dias15 de maio de 2009 05:10

    Olá Perin,
    Muito bom o texto, fico feliz por ter você como aluno dedicado, que é, e também feliz pelo seu crescimento profissional e intelectual.
    Só para ajudar, alguns autores acreditam que a origem da palavra serifa venha do Holandês schreef, que significa "escreveu".
    Se você me permite vou dar uma sugestão para um próximo assunto: Fontes Cursivas.
    Parabéns! continue assim.
    Até logo
    Prof. Aleks Dias

    ResponderExcluir
  4. Cara, fonte sem serifa deve ser evitada, você não distingue numa palavra se é 1 l I numa fonte sem serifa, e você só usa a porcaria porque a serifa deixa o texto feio se a fonte for pequena e a tela ruim, se a fonte for grande, se a tela for boa, há fontes com serifa muito bonitas e modernas, em balões, letras miudas, somos forçados a usar fonte sem serifa senão fica muito ruim de ler, mas caimos no velho problema de ter certas letras iguais em algumas palavras como Ilustre...

    ResponderExcluir
  5. Estou desenvolvendo uma logo para uma perfumaria gostaria de saber qual a melhor familia tipográfica para ser ultilizada

    ResponderExcluir
  6. FDG sinceramente penso que antes de escolher a tipologia desta logo, o melhor é fazer um estudo desta marca para depois pensar nisto.
    Quer um exemplo, imagine usar esta fonte (http://www.scrapvillage.com/images/fonts/babelfish.jpg) para um escritório de advocacia que necessita passar seriedade ao cliente. Talvez gerará outra impressão. Porém talvez para um barzinho descolado ou marca de roupa pra juventude ficaria mais bacana...

    ResponderExcluir
  7. Eu discordo do que foi escrito a respeito da fonte serifada para texto. Não se deve utilizar fonte sem serifa para livros, principalmente os muito longos, justamente porque é uma fonte monótona, que dá sono ao leitor, sendo por isso MENOS recomendada.

    ResponderExcluir